Dicas exclusivas que você precisa saber sobre o Enem 2016

 

Todos os anos, alunos de todas as escolas do Brasil se preparam para prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

A prova é aplicada gratuitamente a todos os alunos concluintes do ensino médio e, cada vez mais, tem se tornado elemento obrigatório para quem deseja cursar um bom curso do ensino superior, uma vez que sua nota, tanto pode agregar valor à prova de instituições de ensino superior, quanto vem sendo usada para classificação em universidades federais, além de ser porta de entrada para quem deseja conseguir uma bolsa de estudos pelo Prouni.

Se você vai prestar o Enem 2016 e quer ter a certeza de um bom resultado, é preciso muito empenho e estudo, mas nem sempre é tão fácil assim. Por isso, algumas dicas imperdíveis podem ajudar a enfrentar os tão temidos quatro dias de prova.

Leia mais informações sobre: Segredos do Enem 2016, saiba tudo para passar na prova.

Estude com Moderação

Quando se está estudando para uma prova complicada e muito importante, é comum entrarmos em uma certa neurose. Muitos alunos acabam exagerando, devido a cobranças familiares, ou até mesmo cobranças pessoais, e se esquecem que o corpo tem um limite.

Estafa mental pode ser um dos piores inimigos na hora de fazer uma prova, principalmente uma prova extensa e cansativa, por isso, William Douglas, juiz federal e autor do livro “como passar em provas e concursos” escreveu em seu blog:

“Como se sabe, a única diferença entre o veneno e o remédio é a dose. O consumo de vinho na dose correta contribui para sua saúde; em excesso, pode se transformar em vício e causar tragédias. É preciso responsabilidade… Como se sabe, a única diferença entre o veneno e o remédio é a dose. O consumo de vinho na dose correta contribui para sua saúde; em excesso, pode se transformar em vício e causar tragédias. É preciso responsabilidade.”

Muitas vezes achamos que devemos estudar muito, e nos esquecemos dos nossos limites. Melhor estudar de maneira ordenada e com foco, do que estudar 16 horas por dia e acabar sofrendo uma estafa mental.

Leia mais informações sobre: Simulado do Enem 2016

Assista o vídeo a seguir e saiba como tirar nota 1000 a redação do Enem

;

Organize seus estudos

Na matemática e em outras matérias exatas aprendemos a importância de organogramas, mas não temos por hábito dar uma aplicação prática a eles, então esta é uma ótima maneira de fazer isso.

Crie um organograma, divida sua semana por matérias, destine um número (x) de horas ao estudo de determinadas matérias, mantenha seu esquema de estudos organizado.

A melhor maneira de estudar, já comprovada e amplamente utilizada nos cursos superiores, é o estudo esquematizado, a ideia de organizar os estudos por quadros esquemáticos funciona e pode fazer uma grande diferença no dia da prova.

Leia mais informações sobre: Enem 2016, informações

Crie gatilhos de memória

Se uma matéria for complicada, confusa, ou até mesmo não for uma das suas matérias de afinidade, por que não criar gatilhos de memória? O método é amplamente usado por professores de química e física para a memorização de provas, e os estudantes de concursos públicos também utilizam este truque há muito tempo e com sucesso.

Estude aquela matéria que possui dificuldade e crie seus próprios gatilhos de memória, palavras que sejam associadas pela sua mente ao problema ou regra em questão.

Não tenha medo de parecer bobo ao repetir coisas confusas, engraçadas ou ridículas. O objetivo é memorizar conceitos e regras, e gatilhos de memória podem ser a chave para vencer o temido “Branco de prova”.

Redação: Era uma vez, aconteceu e fim.

O ponto fraco de muitos candidatos é sempre a redação, talvez por não haver facilidade de interpretação, ou não termos o hábito de escrever, acabamos nos perdendo na hora de escrever.

Ao começar uma redação, aproveite os espaços em branco do caderno, faça uma linha de raciocínio, siga ela durante a elaboração. Lembre-se que toda redação deve conter início, meio e fim.

Comece a escrever já pensando em como irá acabar e para onde o raciocínio irá levar, lembre-se que as redações são, geralmente, dissertativas argumentativas, então o que importa não é seu argumento estar certo, mas ser bem exposto e conduzido ao fim.

Evite lugares comuns no texto

Um grande erro é cometido quando acreditamos que ao citar pensamentos e ditados estamos embasando nosso texto, ou enriquecendo-o. É preciso evitar esse tipo de artifício, conhecido popularmente como “lugar comum”.

Isso demonstra aos avaliadores que todo o seu raciocínio se baseia em um pensamento popular, e não em um argumento embasado e com lógica. Empobrece e retira a qualidade da redação, fazendo com que ela passe a valer menos.

imagem: divulgação

imagem: divulgação

Na hora de escrever você pensou em um ditado popular ou pensamento de algum autor? Descubra como substituí-lo, em uma redação ele não agrega valor à sua dissertação.

Não tem certeza? Substitua

Outro grande erro, e que influencia na nota final, sendo um dos parâmetros de pontuação, é a ortografia correta, o uso da norma culta da língua portuguesa. Muitos estudantes perdem ponto em suas redações devido ao uso incorreto de uma palavra, seja por uma grafia errada, seja por uma conjugação.

Esta dica, dada pela professora Ana Paula dos Santos, formada pela universidade Mackenzie, pode salvar sua redação. Se houver dúvida da maneira certa de escrever, se é com x ou ch, com s ou z, substitua por um sinônimo. Construa a frase de maneira simples para não errar na conjugação e no uso do sujeito.

Nem sempre a frase mais pomposa é a que lhe dá o melhor resultado. Muitas vezes mais atrapalha do que ajuda.

Não perca tempo com questões que não sabe ou tem não certeza

Responda primeiro as perguntas que está certo da resposta, depois retorne para as mais difíceis ou que você não sabe a resposta.

Lembre-se que a prova do Enem é uma prova longa e cansativa, preserve seu cérebro para que ele esteja descansado para responder as perguntas que você sabe, e apenas após responde-las, retorne para as outras. Não há regra que obrigue a responder o caderno na ordem, então seja sábio.

imagem: divulgação

imagem: divulgação

Entenda que é uma prova de resistência

Outra peculiaridade do Enem é o seu formato, na maior parte das matérias há sempre um texto gigantesco, seguido de perguntas que se referem a ele. Devido a duração e ao seu formato, o Enem muitas vezes se torna uma prova de resistência, não apenas de conhecimento.

Já foi comprovado cientificamente que a atividade mental cansa tanto quanto qualquer atividade física de impacto, por isso, ao abrir o caderno leia primeiro as questões e depois o texto. Muitas vezes não é necessário nem mesmo ler o texto completo, apenas procurar dentro dele a parte à qual a pergunta se refere.

Ao ler o texto primeiro, você exige do seu cérebro que ele absorva aquela informação, então já há uma saturação mental e, ao ler as perguntas geralmente precisamos retornar ao texto para procurar a resposta. Poupe energias.

Leia mais informações sobre: Possíveis temas para a redação do Enem 2016.

Se hidrate e mantenha uma bala sempre próxima

Pode parecer besteira, mas é algo necessário. O corpo e a mente, para funcionarem bem, precisam de dois elementos, água e açúcar. Durante uma prova a atividade mental é intensa, e precisamos de energia.

Tudo que ingerimos, de uma forma ou de outra é transformada pelo corpo em açúcar, falando em uma linguagem leiga. Baixa glicêmica, ou baixo açúcar no sangue é um problema que ocorre quando passamos muito tempo sem nos alimentar e causa confusão mental. Da mesma forma a desidratação pode causar sonolência e tontura, por isso, ao enfrentar uma prova longa não se esqueça de garantir que sempre estará hidratado e com um nível bom de açúcar no sangue.

Saiba interpretar textos

Muitas vezes as perguntas longas, com respostas confusas fazem com que o candidato se perca. O principal muitas vezes é ter uma boa interpretação de textos, conseguir encontrar o que a pergunta quis dizer.

Isto é valido para todas as matérias. Mark Zegarelli, autor de “Matemática Básica & pré-álgebra para leigos” afirma que a maior dificuldade dos alunos é transformar palavras em números. Interpretar a pergunta é essencial para uma boa compreensão e uma prova de qualidade.

imagem: divulgação

imagem: divulgação

Se o candidato não puder interpretar a pergunta e resumi-la ao que é solicitado, então a dificuldade dobra. Por isso vá em frente, invista em interpretação de texto que, com certeza, a prova se tornará muito mais fácil.

Nunca se esqueça que é preciso calma para realizar qualquer prova. Seguindo essas dicas, com certeza você já está a meio caminho andado do sucesso.

Agora, se você quer ainda mais dicas e ter a certeza que vai arrasar na prova, não perca nossas publicações e nossos cursos. Porque ai sim você, com toda certeza terá uma nota imbatível.

 

Recomendados para você: