Enem 2017 não terá Redação – Veja os Motivos!

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma forma de avaliação utilizado para medir o conhecimento dos estudantes no final do ensino médio. Essa avaliação é feita através de quatro provas, que são realizadas em dois dias (sábado e domingo). Além de servir para avaliar o ensino nacional, o ENEM pode ser uma porta de entrada em uma universidade. Aqui no Brasil, várias universidades privadas utilizam a nota do exame como critério de seleção, podendo ser um complemento ou substituindo o vestibular nessas instituições.

O exame é aplicado pelo Ministério da Educação (MEC) e as provas costumam ser entre os meses de outubro e novembro. É através do exame que o MEC consegue formular a média geral da educação brasileira por região e escolas.

Enem 2017 não terá Redação - Veja os Motivos!

Enem 2017 não terá Redação – Veja os Motivos!

A nota geral do ENEM pode ser utilizada para participar de programas do governo como: Programa Universidade para Todos (PROUNI), Fundo de Financiamento Estudantil do Ensino Superior (FIES), Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (SISUTEC) e também o Programa Ciências sem Fronteiras. Além desses programas, o ENEM também pode ser utilizado para concluir os estudos. Para isso, o candidato precisa marcar a opção que se refere a conclusão dos estudos durante a inscrição do exame.

Como é o Atual Sistema de Provas do ENEM?

No primeiro dia são 4 horas e 30 minutos de prova. A temática deste dia consiste em Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. No segundo dia são 5 horas e 30 minutos de prova. As matérias deste dia consistem em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Língua Estrangeira (conforme a escolha do participante no momento da inscrição) e Redação.

O Enem é uma das portas de entrada para a faculdade, pois é com a nota geral obtida nessas provas que o participante pode concorrer a bolsas de estudos parciais e integrais dos programas do governo. Algumas pessoas, principalmente os alunos do 3º ano do ensino médio se sentem pressionados a tirar boas notas nesse período. A fase de vestibulares pode causar um grande estresse aos participantes.

Saiba como vai Funcionar o ENEM 2017

Em novembro deste ano (2016) o ministro da educação, Mendonça Filho comunicou que algumas mudanças vão acontecer para o ENEM de 2017. Até o momento não foi divulgado nenhum comunicado oficial confirmando quais serão as mudanças e como vai funcionar o novo sistema.

Quais são as Mudanças para 2017?

O ministro comentou sobre as possíveis mudanças para o ENEM de 2017. A primeira mudança que pode acontecer são os dias de aplicação do exame. O Ministério da Educação (MEC) pretende reduzir o exame para apenas um dia, ao invés de dois. As provas que costumam ser aplicadas no sábado e domingo, agora podem acontecer apenas no domingo. Par isso, o MEC irá reduzir o total de 180 questões.

pagina-do-participante-do-enem

Outra mudança que o MEC pretende fazer é extinguir a redação do ENEM. Além disso, é possível que o exame ganhe mais edições anuais a partir de 2017. O ministro falou sobre a possibilidade de realizar duas ou três edições do ENEM por ano proporcionando mais oportunidade aos candidatos e aliviando a tensão dos estudantes.

Entenda o motivo!

Segundo o ministro da educação, essas mudanças estão sendo estudadas a fim de reduzir os custos do exame. Entenda: a redação é avaliada por dois ou três corretores que são contratados pelo MEC, a aplicação da prova em apenas um dia facilitará a organização da logística e segurança, além de baixar os custos com as impressões e o transporte. No entanto, a justificativa das mudanças é contraditória se realizarem mais de uma prova por ano. De acordo com os dados divulgados pelo MEC a edição do ENEM 2016 custou R$ 788.000,00.

Recomendados para você: