O uso dos PORQUÊS – Dicas de Gramática

Uma das maiores dúvidas quando se está escrevendo redação na língua portuguesa é como empregar os PORQUÊS em uma oração, para explicar estas diferenças e a forma de uso correto destes quatro PORQUÊS, serão utilizadas dicas da professora Débora Marasca, do site Redação Total do ENEM.

No dia a dia, não é possível distinguir a diferença destes quatro PORQUÊS na pronúncia (Língua falada), porem, em uma redação, é extremamente importante saber empregar corretamente, afinal, a redação do ENEM abre muitas portas para Universidades, e uma redação gramática correta eleva a pontuação.

o-uso-dos-porques

O uso dos PORQUÊS – Dicas de Gramática. Imagem:divulgação

Então, acompanhe as dicas para tirar nota máxima e arrasar na redação do ENEM e de outros vestibulares.

Acesse e saiba mais informações: Curso Preparatório do Enem 2016

TIPOS DE PORQUÊS

  • Por que;
  • Por quê;
  • Porque;
  • Porquê;

POR QUE

O “POR QUE” separado e sem acento é a junção de uma preposição (por) e o pronome interrogativo (que).

o-uso-dos-porques

O uso dos PORQUÊS – Dicas de Gramática. Imagem:divulgação

Este “POR QUE” sempre é utilizado em frases interrogativas, estas, podendo ser diretas ou indiretas e pode ser substituído pelas expressões “por qual motivo” ou “por qual razão”, mas também pode ser a junção da preposição (por) e um pronome relativo (que) sendo  substituído pelas expressões “por qual” ou “pelo qual”.

Exemplos para reforçar:

  • Quero saber POR QUE não enviou o e-mail?

Ou seja: “por qual motivo” ou “por qual” razão.

  • Quero saber o motivo POR QUE não me enviou o e-mail?

Ou seja: “por qual” ou “pelo qual”.

Acesse e saiba mais informações: 13 Possíveis temas de Redação do Enem 2016

POR QUÊ

O “POR QUÊ”, separado e com acento, é a junção da preposição (por) com o pronome interrogativo tônico (quê).

o-uso-dos-porques-dicas-de-gramatica

O uso dos PORQUÊS – Dicas de Gramática. Imagem:divulgação

É utilizado somente no final de frases seguido de um sinal de pontuação, seja ele de interrogação ou exclamação, e pode ser substituir por expressões como “por qual motivo” e “por qual razão”.

Exemplo para reforçar:

  • Você não entregou o documento POR QUÊ?

Ou seja: “por qual motivo” e “por qual razão”.

PORQUE

O “PORQUE” junto e sem acento, é a conjunção (juntar as partes de um todo) casual ou explicativa de duas ações.

o-uso-dos-porques-dicas-de-gramatica

O uso dos PORQUÊS – Dicas de Gramática. Imagem:divulgação

Este é utilizado para explicar algo ou dar uma justificativa a acontecimentos ou situações, utilizado em respostas pode substituir expressões “pois”, “uma vez que”, “visto que”, “dado que”, “por causa de”, pelo motivo de”,

Exemplo para reforçar:

  • Hoje eu faltei à aula PORQUE estava doente.

Ou seja: “pois”, “uma vez que”, “visto que”, “dado que”, “por causa de”, pelo motivo de”.

Acesse e saiba mais informações: Segundo simulado Enem 2016

PORQUÊ

O “PORQUÊ” junto e com acento, é um substantivo masculino e esta sempre acompanhado de artigo, pronome, adjetivo ou numeral.

o-uso-dos-porques

O uso dos PORQUÊS – Dicas de Gramática. Imagem:divulgação

Sendo este “PORQUÊ precedido de artigo, pronome, adjetivo ou numeral ele se tornará um substantivo e pode ser substituído, ou seja, é equivalente a “motivo”.

Exemplo para reforçar:

  • Quero saber O PORQUÊ de sua tristeza.

Ou seja: “motivo”.

Saiba mais: Como se dar bem na redação sem saber nada sobre o tema! 

Lembrando, que estas dicas farão muita diferença na sua redação, mostra que além de conhecimento sobre os temas abordado na prova objetiva possui conhecimento em redação, e na norma culta de escrita da língua Portuguesa.

inscricoes-enem

O uso dos PORQUÊS – Dicas de Gramática. Imagem:divulgação

A dissertação sempre deve ser argumentativa, com inicio, meio e fim, ou seja, com introdução, desenvolvimento do tema abordado com suas causas e consequências, e por fim, não menos importante conclusão.

A professora Débora Marasca possui estas dicas dos PORQUÊS e outras diversas dicas para que construa a melhor dissertação possível, então, não deixe de conferir os vídeos no youtube, pelo canal Redação Total do ENEM.

Recomendados para você: